O Presidente Mestiço Barack Obama

"Sou filho de NEGRO do Quênia e mulher BRANCA do Kansas"

Filho de Barack Hussein Obama,um homem negro do Quênia educado em Harvard e  filho de Ann Dunham,
uma mulher branca de Wichita,no Estado do Kansas, Obama fala de suas origens como um candidato
"não convencional"(nasceu em Honolulu,será?), no Havai, em 4 de agosto de 1961.
Os pais separaram-se quando tinha apenas dois anos.
Morou na Indonésia enquanto criança, após a mãe se
casar com um indonésio, e depois foi viver no Havai,
com seus avós brancos. 
As idas e vindas deram, segundo sua própria opinião,as ferramentas necessárias para que se pudesse tornar
um político hábil na hora de fazer coligações e traçar alianças.
"Ele movimenta-se entre vários mundos",meia irmã, Maya Soetoro-Ng. "É o que fez em toda a sua vida".

Fui criado com a ajuda de um avô negro que sobreviveu à Depressão e combateu no exército de Patton durante a Segunda Guerra Mundial, e de uma avó branca que trabalhou numa linha de montagem de bombardeiros,em Fort Leavenworth, enquanto o seu marido servia noexterior", descreve-se Obama.Pela sua família muçulmana, Obama enfrentou boatos de que seria também um muçulmano, religião que muitos americanos associam negativamente ao extremismo.
Os boatos foram reforçados com a divulgação de uma foto na qual Obama aparece com trajes típicos em visita ao Quénia,onde a sua família paterna mora.
Obama converteu-se, já adulto, ao cristianismo onde é
membro da Igreja Baptista da Trindade Unida em Cristo,
em Chicago. Os seus apoiantes acusaram a campanha de Hillary, sua rival na altura, pela divulgação da foto.
"Tenho irmãos, irmãs, sobrinhas, sobrinhos, primos
e tios de todas as raças e matizes, espalhados por três continentes e, 
por mais que eu viva, jamais me esquecerei de que em mais nenhum 
outro país do planeta minha história seria possível", afirma Obama, 
sobre sua história familiar.
Sua avó, Sara, tornou-se uma celebridade no Quénia a
pós a conquista da nomeação.Hoje,ela recebe diariamente dezenas de jornalistas para
quem declara o orgulho que sente do neto.
Numa medida muito bem 
planeada da sua campanha, 
Obama prefere não utilizar
o rótulo de presidente 
negro, tão citado pelos seus eleitores e pelos média.
Cauteloso, ele não quer ficar estereotipado como candidato de um único eleitorado e arriscar perder importantes grupos demográficos do país.Sua adolescência no Havai foi marcada não só por uma destacada trajectória escolar, mas também
por anos de contravenção.
Naquela altura, Obama experimentou 
cannabis e cocaína, conforme
afirma na sua biografia "Dreams from my Father:
Com um bom histórial escolar, Obama formou-se em direito na tradicional e prestigiada Universidade Harvard e trabalhou como professor e defensor
dos direitos civis em Chicago antes de ser eleito senador por Illinois, em 2004.
em Harvard que Obama conheceu sua mulher, Michelle, com quem se casou
em 1992. Numa campanha que prega o novo,
Michelle é um dos triunfos de Obama. Negra
e com formação universitária, Michelle é uma peça
fundamental no processo eleitoral de Obama
entre as mulheres.
O professor de ciência política Bruce Newmann, da Universidade De Paul, aponta a participação de Michelle como fundamental para mostrar que Obama é um democrata dos novos tempos, que coloca a sua mulher ao seu lado no palco dos eventos, e não apenas nos bastidores.
Obama e Michelle têm duas filhas. Malia, 9 e Sasha, 6 que aparecem nos média apenas nos momentos de grandes conquistas, quando Obama garantiu a nomeação democrata.
Ajudado por seu carisma e retórica refinada, Obama ganhou popularidade ao longo da campanha e foi o candidato que melhor soube utilizar as ferramentas da internet.
Obama assumiu a Casa Branca em 20 de Janeiro fortalecido não só pela vitória esmagadora, mas também pelo controle dos democratas no Congresso.

,Maya Soetoro-Ng









Tema de Aprofundamento:Quem e Negro aqui no Brasil?

0 Sua Vez...:

Licença Creative Commons
O trabalho ETNIA BRASILEIRA de Livia Zaruty foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Com base no trabalho disponível em www.etniabrasileira.com.br.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais ao âmbito desta licença em http://www.etniabrasileira.org.